Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Seguidores

Follow by Email

terça-feira, 31 de janeiro de 2012






SORRISO

Dê um sorriso...
Ele diz tudo!
O que quero
O que sinto
O que desejo
O que espero.


Dê um sorriso...
Chore de tanto rir.


Dê um sorriso...
Sorria de vida
Guarde na memória
Alegrias vividas.


Dê um sorriso...
Tire das dificuldades, 
aflições e tristezas...
Momentos de aprendizagem.


Dê um sorriso...
Aos doentes,
aos velhos, crianças
e parentes


Sorria sem medo!
Um sorriso largo,
natural e farto.


Ah, vamos!
Dê um sorriso!
Discreto,
tímido, mas
com afeto.


Dê um sorriso!
Ou melhor...
Uma gargalhada
E deixe...
Que a alegria invada.


Mara Elisa de Oliveira.

domingo, 29 de janeiro de 2012

DOCE ENCANTO

DOCE ENCANTO

Onde estão suas mãos,
que não percorrem
mais meu corpo?

Onde está sua boca,
que docemente
molha meus lábios?

Onde está seu olhar,
que me desnuda
e aquece?

Onde está seu sexo,
que me arrepia
e estremesse?

Onde está o tempo
que não volta?

Onde está o momento
que espero?

Onde está o sentimento?

Te quero.


Mara Elisa de Oliveira.





quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

FALA CORAÇÃO...







Achei que não fosse possível
Amar alguém tanto assim!
Não importa a distância
Só sei ...
Que quero você pra mim

Quando penso em ti
Todas as tristezas se vão
A cabeça já decidiu
Dentro de sua razão
Que quem manda agora...
É o coração.

_ Coração...
Diz pra meu amor,
que tu estavas naufragado...
Já sem esperanças...
Desaminado...
Quase sem vida ,
e cheio de dor.
Diz pra ele coração...
Mostra todo o sentimento
Anda...
Fala o que sente 
Neste momento que choras
De tanta emoção!

_Você ... É a luz de meus dias
O cheiro da natureza em flor
Que no canto dos pássaros
Embala um grande amor
Onde carinhosamente...
Beija o beija-flor.
És vento de brisa que sopra
uivando em meus ouvidos
Numa doce melodia que me invade...
Tomando docemente meus sentidos

Hoje estou feliz!
Amar
Ser amada
Tão somente desejada...
É tudo que sempre quis.

Tu és...
O amor de minha vida
Que noites e noites sonhei...
Numa esperança contida
Muitos anos vaguei
Mas foi pelas mãos de DEUS
Que enfim...
Te encontrei.

Mara Elisa de Oliveira.